Listar armas do tipo
Espingarda / fuzil de assalto

Armas idênticas ou relacionadas:

C-7
Espingarda / fuzil de assalto
M-16 A2
Espingarda / fuzil de assalto
M-4
Carabina

Dados sobre utilizadores deste armamento:

C-7
Espingarda / fuzil de assalto

Fabricante: Colt-Canada (Diemaco)
Tipo de arma: Espingarda / fuzil de assalto --- Calibre: 5.56mm
Cadência de tiro: 800 disparos p/min.Velocidade do projectil: 925 M/s
Alcance eficaz: 550MAlcance máximo: 1500M
Dimensões: Comprimento: 1020mm (Cano: 510mm) Largura: 0mm / Altura: 0mm
Peso da arma: 3.3KgDepósito(Carregador): 30 munições
Munição:5,56 x 45 NATO / FMJ Involucro total em metal /Potencia: 1830J
FiabilidadeManutenção5
Potência2Manuseamento6
Precisão3Preço7


O C7, fabricado no Canadá sob licença da empresa norte-americana Colt pela empresa DIEMACO, passou a ser um produto da Colt, quando esta última assumiu definitivamente o controlo da empresa canadiana.

A arma, é basicamente a já antiga AR-15 / M-16, cuja concepção data dos anos 60, modernizada ao longo dos seus muitos anos de vida.

A adopção do calibre 5.56 standar dos países da NATO levou à M-16A2, fabricada pela própria Diemaco.

Trata-se de uma espingarda/fuzil automática que é operada por acção dos gases. Ela difere de armas como por exemplo a G-3, porque enquanto naquela arma alemã o automatismo é garantido pela energia do disparo canalizada através de um embolo (acção indirecta dos gases), enquanto que na C-7/M-16 não existe esse elemento intermédio, pelo que se considera que a C7 utiliza a acção directa dos gases.



Embora o desenvolvimento da arma C7 tenha sido paralelo ao da M-16A2, várias fontes apontam que muitas características da arma estão mais próximas da M-16A1
Entre as diferenças que se encontram entre a actual C-7 e a M-16A2 está por exemplo o cano mais reforçado.

A C-7 pode ser equipada com um lançador portátil de granadas modelo M203.


Informação genérica:
Seguindo-se ao desenvolvimento da espingarda automática M14 de calibre 7,62 que entrou ao serviço em 1957, a M-16 é o resultado dos estudos do exército dos Estados Unidos no sentido de desenvolver uma arma leve capaz de disparar uma rajada curta de projecteis de pequeno calibre com um padrão de dispersão controlado.

Desses estudos resultou a adopção da arma AR-15, que foi adoptada com o nome de M-16 pelo exército norte-americano, utilizando o calibre 7,62.

Mais tarde, com a adopção do calibre 5,56-NATO foi introduzida a M-16 A2.

A M-16 A2 foi sofrendo melhoramentos menores que não alteraram a arma de forma significativa, para além de arranjos estéticos e de materiais de construção diferentes, nomeadamente nos plásticos. A versão com esses melhoramentos é designada M-16A4.

M-4
Foi produzida uma versão com coronha rebatível da M-16 conhecida como M-4

C7
Outra derivação fabricada sob licença no Canadá. A versão «carabina» é conhecida como C-8


A grande profusão de fontes que referem dados diferentes para cada tipo de arma, leva a que possa existir alguma inconsistência de dados.
Alcance eficaz: A distância aproximada em metros, em que se espera que o disparo atinja o objectivo. Alcance máximo: Normalmente a distância em metros em que o projectil precorre uma trajectória recta (tiro tenso).Não é considerado o alcance máximo possível do projectil que pode ser atingido numa trajectória parabólica.
A classificação para «preço», é inversamente proporcional ao custo previsto da arma. Pelo que uma arma muito cara terá uma classificação baixa.
 

Última actualização desta página : 15.06.2008

---