Listar armas do tipo
Metralhadora

Armas idênticas ou relacionadas:

Nordenfelt mk.II / 11mm
Metralhadora

Dados sobre utilizadores deste armamento:

Nordenfelt mk.II / 11mm
Metralhadora

Fabricante: N/D
Tipo de arma: Metralhadora --- Calibre: 11mm
Cadência de tiro: 350 disparos p/min.Velocidade do projectil: 400 M/s
Alcance eficaz: 500MAlcance máximo: 1500M
Dimensões: Comprimento: 0mm (Cano: 1168mm) Largura: 0mm / Altura: 0mm
Peso da arma: 168.74KgDepósito(Carregador): auto munições
FiabilidadeManutenção5
Potência2Manuseamento6
Precisão3Preço7


A Nordenfelt Mk II com cinco canos de 0,45 polegadas (11,43mm) foi uma das mais produzidas armas do tipo, sendo tipicamente uma arma anti-pessoal.
A sua cadência de tiro, muito elevada para a época, mostrou ser especialmente interessante para utilização contra concentrações de forças inimigas.

Na altura, uma utilização tendo em vista esse objetivo, só poderia considerar os conflitos que as potências coloniais europeias esperavam que decorressem da corrida para África que se começou na 2ª metade do século XIX.

Uma metralhadora Nordenfelt, devidamente municiada e operada por militares com experiência, podia disparar o mesmo número de tiros que um grupo de 30 homens.

Na prática a Nordenfelt era pouco mais que um grupo de espingardas colocadas lado a lado, com um sistema multiplo de municiamento mecânico.

O operador acionava uma alavanca para trás, para ejetar o cartucho anterior e alimentar novamente a arma e quando acionava a alavanca para a frente introduzia uma nova munição na câmara e disparava.

A Nordenfelt ficou completamente obsoleta, quando apareceu a metralhadora Maxim em 1884.


Informação genérica:
A metralhadora Nordenfelt foi uma das muitas armas de alta cadência de tiro desenvolvidas no último quartel do século XIX.
Desenhada pelo engenheiro sueco Helge Palcranz, a arma ficaria conhecida pelo nome da empresa que investiu no conceito, uma empresa fabricante de aço com sede em Londres e controlada por um cidadão de origem sueca chamado Thorsten Nordenfelt.

Foi criada uma empresa propositadamente para produzir a Nordenfeld, com o objetivo de a vender às forças armadas britânicas e utilizar esse argumento como trunfo de vendas. A arma foi patenteada em 1873, mas só em 1880 foi considerada num concurso do governo britânico para a aquisição de armas de pequeno calibre.

A especificação britânica fora no entanto feita de tal forma, que a Nordenfelt aparecia como uma opção lógica para responder aos quesitos.

Os testes foram feitos com a versão de 12 canos, para permitir atingir a cadência de 400 disparos num minuto, embora a maior parte das armas do tipo tivesse 4 ou 5.

O conceito demonstrou estar já completamente obsoleto quando a arma ainda estava «no papel», mas a sua extrema robustez e facilidade de operação apareciam como imbatíveis.
Em testes, uma Nordenfelt conseguiu disparar 3.000 tiros num minuto, sem encravar uma única vez. O facto de a arma ter apenas 23 peças ajudava a aumentar a robustez.

A arma foi aceite, e adotada pela Royal Navy que adquiriu algumas unidades.

Foram desenvolvidos vários calibres, com diferentes números de canos (desde quatro até dez). O mais comum era o calibre 11.43mm, mas o sistema chegou a ser utilizado para armas de calibres bastante superiores

O sistema era acionado por meio de uma alavanca que era movimentada para a frente e para trás. Uma arma de calibre 11.4, poderia atingir uma cadência teorica de até 350 disparos por minuto.

A arma foi igualmente utilizada pela Royal Navy, instalada em unidades navais de maior porte, com o objetivo de servir de defesa contra as novas lanchas torpedeiras, desenvolvidas na segunda metade do século XIX.




O sucesso que a Nordenfelt conseguiu em alguns exércitos, ficou provavelmente a dever-se à capacidade comercial e de publicidade da empresa que produzia o equipamento, que ao efetivo valor militar da arma.


A grande profusão de fontes que referem dados diferentes para cada tipo de arma, leva a que possa existir alguma inconsistência de dados.
Alcance eficaz: A distância aproximada em metros, em que se espera que o disparo atinja o objectivo. Alcance máximo: Normalmente a distância em metros em que o projectil precorre uma trajectória recta (tiro tenso).Não é considerado o alcance máximo possível do projectil que pode ser atingido numa trajectória parabólica.
A classificação para «preço», é inversamente proporcional ao custo previsto da arma. Pelo que uma arma muito cara terá uma classificação baixa.
 

Última actualização desta página : 28.02.2013

---