Navios deste tipo:

Bertioga
Contra torpedeiro

Listar navios do tipo
Contra torpedeiro


Brasil
Contra torpedeiro classe
Bertioga
(tipo Cannon class)
Cannon class

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 1256 Ton
Deslocamento máx. : 1602 Ton.
Tipo de propulsão: Motor a Diesel
Comprimento: 93.6 M - Largura: 11.15M
Calado: 3.2 M.
2 x Motor a Diesel DET class General Motors (6000cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 186 Autonomia: 19000Km a 12 nós - Nr. Eixos: 2 - Velocidade Máxima: 18 nós

Canhões / armamento principal
3 x US Naval Gun Factory 76mm/50 (US) Mk.21 m.1920 (Calibre: 76mm/Alcance: 13.35Km)


Forum de discussão

Os contra-torpedeiros de escolta e luta anti-submarina da classe Bertioga constituem uma classe de navios de luta anti-submarina construidos nos Estados Unidos, depois do ataque japonês a Pearl Harbour, com o objetivo principal de defender as rotas comerciais da ameaça submarina.

Trata-se de navios da classe Cannon, também conhecidos como séries DET e FMR, conforme o tipo de motor e que foram especialmente concebidos para operações de luta anti-submarina.

Quando o Brasil entou na II guerra mundial, a marinha estava muma posição extremamente delicada, praticamente sem navios adequados para a patrulha das costas.
Vários contra-torpedeiros que tinham sido encomendados na Grã Bretanha foram confiscados por Londres quando a guerra começou e p Brasil não tinha praticamente nada para lutar contra a ameaça submarina, quando os seus navios começaram a ser atacados por submarinos alemães em Fevereiro de 1942.

Com um total de oito navios, o Brasil foi o segundo maior operador deste tipo de navio depois dos Estados Unidos.

Tratava-se de navios praticamente novos quando foram entregues à marinha brasileira, mas foi preciso esperar até 1944, dois anos depois da entrada do país na guerra, para que os primeiros começassem a ser entregues e mesmo assim, só depois da invasão na Normandia ter praticamente cortado o acesso alemão ao atlântico.

Por isso, quando os navios chegaram já não havia submarinos alemães para caçar.

Ainda assim a classe manteve-se ao serviço durante muitos anos, tendo os últimos navios sido retirados de serviço apenas em 1981.

Eram navios de escolta e portanto lentos, sem capacidade para acompanhar outros navios mais rápidos. A sua principal característica era a sua grande autonomia de cerca de 20.000km, perfeitamente adequada para longas missões de caça anti-submarina.


Informação genérica:
A classe de contra-torpedeiros de luta anti-submarina foi desenvolvida nos Estados Unidos durante o ano de 1942, com as primeiras unidades a entrarem ao serviço em 1943. O primeiro navio foi lançado em Maio de 1943 e entregue à marinha dos Estados Unidos, três meses depois.

Um total de 116 navios foram previstos, mas a construção só começou em 1943, e o fim da guerra levou ao cancelamento de 44 unidades, tendo sido construidos apenas 72.

Vários países receberam navios do tipo após a II guerra mundial. O Brasil foi o que recebeu mais, mas países como a França, Grécia, China (Taiwan) e mesmo o Japão depois da rendição, utilizaram este tipo de navio.


   
---