Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Viatura de transporte VIP



Veículos idênticos ou relacionados:


Mercedes 770K (W150)
Viatura de transporte VIP

Mercedes 540-G4 (6x6)
Viatura de transporte VIP

 

Mercedes 770K (W150)
Viatura de transporte VIP (Daimler-Benz)
Mercedes 770K (W150)

Projeto: Daimler-Benz
Alemanha
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
6
n/disponivel
2.07m
1.84M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
3.5t
4.8t
800Kg
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
Mercedes (V8 7.7L)
155cv
150 Km/h
40 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Duas rodas motrizes
N/disponível
250Km
4
N/disponivel
0M
0M

Sistema de radar auxiliar:


Forum de discussão

O modelo 770 de 1938, era o mais sofisticado e caro dos modelos da Mercedes no periodo imediatemente anterior à guerra e era uma espécie de demonstração da superioridade tecnológica da Alemanha. Foi também conhecido como «Grosser Mercedes» ou grande Mercedes.

Ele representou uma modificação substancial do modelo 770 de 1930, tanto em termos de linhas exteriores como em termos de chassis e suspensão independente à frente. O comprimento passou de 5.4m para 6m
Como no modelo anterior foi introduzido um turbocompressor que funcionava a altas rotações e que permitia atingir uma potência de 230cv.

No total apenas 88 viaturas do modelo 150 foram produzidas, especialmente por causa das necessidades decorrentes da guerra. O carro nunca chegou a estar disponível para compra e era apresentado em catálogo apenas para fornecimento por encomenda.

No ano do seu lançamento (1938) foram produzidas 13 unidades e em 1939 mais 44. Em 1940 e 1941 apenas duas unidades foram produzidas, em 1943 a produção chegou a 10 unidades. O último ano de fabrico foi 1944 com 19 unidades produzidas.

Aos 88 modelos da série W150 juntam-se 117 da séria anterior W07.



A viatura blindada, como a que foi fornecida para Portugal atingia um peso de 4800kg, o que naturalmente o transformava num veículo com menores prestações.

Informação genérica:
No inicio da década de 1930 de e especialmente depois da chegada de Hitler ao poder, o fabricante alemão Daimler-Benz desenvolveu uma série de viaturas de alto luxo adequadas à função de viatura de representação para altos dignitários do governo do III Reich e também para altos funcionários do partido Nazi.

O primeiro modelo 770, na imagem abaixo, conhecido internamente como W07 foi apresentado ainda em 1930 com um motor de 7655cc e uma potência de 150cv.

Um total de 117 modelos da primeira série foram produzidos e a viatura foi exportada tendo serviço como viatura de transporte do imperador do Japão.

Em 1938, uma nova versão do 770 foi apresentada (internamente conhecida como W150). As suas linhas eram mais arredondadas e a traseira era completamente distinta. Embora o motor fosse o mesmo a potência era superior.
O governo de Portugal adquiriu duas viaturas deste modelo, para serviço do governo e da presidência.

Juntamente com a viatura standard foi desenvovida uma versão com seis rodas, destinada a utilização militar. No entanto esse modelo, por causa do seu alto custo ficou limitado a utilização em paradas militares e em deslocações dos altos escalões da Wermacht e de alguns altos funcionários do partido nazi.