Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Viatura táctica Ligeira

Veículos idênticos ou relacionados:


Hummer M1025 A2
Viatura táctica Ligeira

EQ-2058
Viatura táctica Ligeira

Hummer / APK
Viatura táctica média

URO-Vamtac
Viatura táctica Ligeira

2975 «Tigr»
Viatura táctica média

Hummer M1151 A1 (RE)
Viatura táctica Ligeira

2330 «Tiger»
Viatura táctica Ligeira

Hummer M1152 / RE
Viatura táctica Ligeira

 

Notícias relacionadas
Especificações do futuro Humvee novamente alteradas
Tropas portuguesas no Afeganistão:
PVI-Protector
Afeganistão: Os «blindados» da morte!

Hummer M1025 A2
Viatura táctica Ligeira (AM General)
Hummer M1025 A2

Projeto: AM General
Estados Unidos da América
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
4.84
n/disponivel
2.18m
1.83M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
3.075t
4.65t
1600Kg
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
GM Diesel V8 6,2L
150cv
100 Km/h
55 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Quatro rodas motrizes
95 Litros
450Km
2-4
60º
40º
0.76M
0M
0.6M

Sistema de radar auxiliar:

País: Portugal
Designação Local:Hummer
Qtd: Máx:20 - Qtd. em serviço:0
Situação: Convertido
Operacionalidade:
Portugal adquiriu algumas unidades deste veículo que foram enviadas para Timor, após o referendo naquele país e o envio de forças multi-nacionais de paz. A aquisição daqueles veículos demonstrou ter sido uma má opção. Um dos primeiros problemas detectados foi o extremo consumo de combustível. Habituados a um país onde o combustível é extremamente barato, os norte-americanos não se preocuparam exactamente com questões como o consumo, quando desenharam o veículo.

Posteriormente, foram detectados problemas ao nível do diferencial, ( partia com elevada frequência), ou com motores quebrados. A resistência dos pneus, também deixou muito a desejar, tendo sido registados numeros elevados de furos.

Como se estas deficiências não fossem suficientes, o Humvee revelou-se um equipamento incapaz de percorrer zonas alagadas com mais de 30 cm de altura, o que é normal nas condições de Timor-leste.
Segundo os dados conhecidos alguns Hummerpura e simplesmente ficavam parados no meio da agua, sem possibilidade de saída que não fosse através de reboque.

Mais tarde foram mesmo detectados problemas de infiltração dentro da cabine, tendo-se finalmente chegado á conclusão de que o veículo era completamente inadequado ás condições tropicais de Timor, e decidido a sua "evacuação"

A solução de recurso foi o envio de algumas das poucas viaturas UMM-Alter de fabrico português, que se mostraram muito mais capazes e adequados ás exigências operacionais em Timor não apenas pela sua robustez, mas também pelo seu tamanho mais adequado às estradas da região.

Embora as questões técnicas tivessem sido colocadas ao fabricante, este desculpou-se com a condução e uso demasiado agressivo que os portugueses davam ao veículo, embora o treino tenha sido dado nos Estados Unidos.
No fim de 2005, no seguimento do envio de tropas portuguesas para o Afeganistão, os Hummer ao serviço do exército português foram convertidos para um novo padrão, tendo passado a dispor de blindagem contra armas ligeiras.
Desta forma a maior parte dos veículo deste tipo foi convertida em Hummer-M-PAV-2.


Forum de discussão

O Humvee / Hummer, ou High Mobility Multi-purpose Wheeled Vehicle (HMMWV) é o substituto do veículo tipo Jeep da série M151. Trata-se de um veículo ligeiro para comando e controle, e ao mesmo tempo para utilização em diversas tarefas, mesmo como plataforma para algumas armas. A sua variante básica é o M998.

Embore presentemente a marca seja propriedade da General Motors, originalmente trata-se de un conceito da AM General (um braço da American Motors).

Existem imensas variações e séries desta viatura pelo que se torna impossível efectuar uma análise para cada um dos modelos ou variações deles.
A versão base do Hummer deveria substituir não apenas o M151 «Mutt» mas também a mini-plataforma M274 (mula mecânica) e a pickup Dodge M880.

Pensado para substituir uma grande gama de viaturas, a versão base de transporte (M998) não tinha qualquer blindagem e possuia apenas uma capota flexivel e portas do mesmo material. Ele deveria ser um transportador básico com tamanho suficiente para o transformar numa plataforma de armas.

Embora lhe sejam apontados vários problemas e deficiências, resultado da utilização do Hummer nas suas várias versões para uma infinidade de missões, ele transformou-se de facto no substituto do famoso Jeep, com centenas de milhares de viaturas fabricadas e ao serviço de inumeras forças militares.

Imagem de um Hummer em acção: Esta sequência mostra que os problemas que foram identificados em Timor, poderão ser resultado de defeitos específicos de algumas das viaturas
De facto, versões como o M1025 poderiam ser adaptadas e tinham capacidade e tamanho suficiente para instalar armamento ligeiro sem que isso afectasse a estabilidade do veículo.
Essa estabilidade era dada pela largura de 2,15m e por uma altura de 1,75m.
A versão base, sem capota tinha um peso em vazio de 2,254kg e carregado atingia 3,870kg, com um motor General Motors de 130cv.

Informação genérica:
Veículo de transporte tático de origem americana, substituto do famoso Jeep.

Os veículos tipo Hummer tem sido utilizado para várias funções para as quais não parece ser o veículo mais adequado. Entre elas está o de viatura blindada para operações de reconhecimento em cenários de guerra assimétrica.

Este tipo de veículo tem sido copiado em todo o mundo e existem muitas versões que basicamente copiam as características do Hummer.

M-998Versão base
M-1025Capota rígida / transporte de armas (7.62 ou 12.7). Esta é a versão utilizada em Portugal
M-1035Ambulância
M1109/M-1114Versões com blindagem melhorada


A partir de 1995, foi lançada a família Hummer-A2, que se caracteriza por veículos com maior protecção.

No entanto, embora eficiente como viatura táctica, o Hummer passou a ser utilizado como base para veículo de transporte de infantaria em ambientes de guerra assimétrica.

Rapidamente se verificou que o Hummer não era exactamente o veículo mais adequado para aquela função, mas na falta de melhores opções, o Hummer continuou a ser produzido e entregue pelas forças militares dos Estados Unidos, bem assim como pelas forças militares de outros países.

Para tentar obviar este problema, foi lançada a série «Expanded Capacity» com veículos com maior blindagem.

Versões / cópias do Hummer

Vários países copiaram direta ou indiretamente o conceito, desenvolvendo veículos inspirados ou então quase copiados.

De entre estes destacamos:

Espanha
O fabricante espanhol de viaturas comerciais e de transporte militar UROVESA desenvolveu uma série de viaturas basicamente idênticas ao Hummer, conhecidas como Rabeco. Estas viaturas são utilizadas pelo exército espanhol.

China
O fabricante Dongfeng desenvolveu uma cópia quase exacta do Hummer, que poderá vir a ser o futuro substituto do modelo BJ-212, a viatura táctica mais utilizada pelo exército chinês

Rússia
A industria russa aparentemente tentou desenvolver uma viatura equivalente ao Hummer, mas além de encomendas para serviços de polícia na Rússia, poucos clientes apareceram. O própria exército russo preteriu o veículo em favor de outras viaturas todo o terreno, nomeadamente de origem italiana.