Dados sobre países utilizadores:


Listar veículos do tipo
Sistema lançador de foguetes de artilharia

Veículos idênticos ou relacionados:


T-813 (8x8)
Viatura táctica média

RM-70 (T-813)
Sistema lançador de foguetes de artilharia

DANA / 152mm
Artilharia Auto propulsada

T-816
Viatura táctica pesada

 

RM-70 (T-813)
Sistema lançador de foguetes de artilharia (Tatra)
RM-70 (T-813)

Projeto: Tatra
Republica Checa
Dimensões
Comprimento
Comprimento máximo
Largura
Altura
Altura máxima
8.75
n/disponivel
2.5m
2.7M
Peso vazio
Peso / combate
Cap. Carga
Reboque
33.7t
35t
N/disponivel
N/disponivel
Motor / potência / capacidades
Motor
Potência
Vel. maxima
Terr. Irregular
T-903-3 V12
250cv
85 Km/h
30 Km/h
Tração
Tanque combustivel
Autonomia
Tripulação
Oito rodas motrizes
N/disponível
700Km
6
50º
25º
N/disponivel
1.4M
0.6M

Sistema de radar auxiliar:

País: Angola
Designação Local:RM-70
Qtd: Máx:40 - Qtd. em serviço:40
Situação: Em serviço
Operacionalidade:
Angola recebeu os primeiros sistemas RM-70 no inicio dos anos 90, a seguir ao reinicio da guerra civil naquele país. Os sistemas RM-70 foram utilizados em substituição de sistemas BM-21.

O fornecedor foi a Eslováquia.


Forum de discussão

Baseado no chasseis Tatra T-813, o RM-70 á a derivação checoslovaca do famoso sistema BM-21, a mais divulgada versão do sistema de lançamento de foguetes de artilharia conhecido como Katiusha.

A utilização do chassis 8x8 da Tatra, permite a colocação de uma segunda carga de 40 foguetes adicionais de 122mm, que podem ser recarregados rapidamente.

As características dos foguetes utilizados são idênticas aos foguetes de 122mm do sistema original de concepção soviética e derivados dos Katiusha da II guerra mundial.


Uma versão mais recente do RM-70, fabricada na Eslováquia e que tem a possibilidade de utilizar um lançador idêntico ao dos sistema norte-americano MLRS.

Informação genérica:
Os veículos do tipo T813 / T815 constituem uma família de veículos tácticos pesados, que foram a base de um grande numero de modelos e derivações utilizadas pelos países do Pacto de Varsóvia.

Podem-se rastrear as origens de alguns dos sistemas deste veículo nos modelos T-111 (produzido quando a actual República Checa fazia parte da Alemanha Nazi) e T-138, já durante o periodo comunista.

O primeiro veículo da família, o T-813, começou a ser desenhado em 1960 e a sua principal característica era a existência de uma versão com tração 8x8 que permitia dispor de uma plataforma para muitas utilizações militares, além de um camião pesado com utilizações civis.

Depois do fim da Guerra Fria, novas versões da família de viaturas médias e pesadas foi lançada.

A última versão do modelo 8x8 da Tatra, é a versão T816, que como as anteriores versões dispões de modelos com oito, seis e quatro rodas motrizes.