pub


 

Acontecimentos Relacionados
19-04-1648
1ª Batalha dos Guararapes
13-05-1846
Inicio da Guerra México/E.U.A.
13-12-1864
Inicio da Guerra do Paraguai
11-06-1865
Batalha do Riachuelo
02-05-1866
Batalha de Callao
24-05-1866
Batalha de Tuiuti
24-04-1898
Guerra Hispano-americana
02-04-1982
Invasão argentina das Malvinas
01-05-1982
Malvinas: A resposta britânica
02-05-1982
Afundamento do General Belgrano
21-05-1982
Batalha da Baía de San Carlos
08-06-1982
De Goose Green a Fitzroy
14-06-1982
Malvinas: Queda de «Puerto Argentino»


Inicio da Guerra México/E.U.A.
Conflitos da América Latina
13-05-1846

Este acontecimento teve inicio em: 13-05-1846 e terminou em 08-02-1848
Vencedor: Estados Unidos da América

Forças em presença:

Estados Unidos da América

Mexico



A declaração de guerra por parte dos Estados Unidos da América ao México, foi condicionada pela necessidade de expansão dos norte-americanos provocada entre outras pela pressão migratória e necessidade de novos territórios, e também pelas riquezas que a California parecia poder dar a quem a dominasse.

Entre as principais consequências da guerra está a separação da California, onde é criado um movimento independentista fictício, e criada a República da California, república que se separa do México, pedindo o apoio dos norte-americanos para lutar contra os mexicanos.

Embora no papel as forças mexicanas comandadas pelo General Santa Ana, parecessem poderosas, na verdade tratava-se de um exército recrutado à força, constituído por camponeses sem a mais pequena preparação militar.

Para somar às debilidades mexicanas, o México saído da colonização espanhola nunca funcionou como uma entidade única e era constituído por povos com origens étnicas completamente diferentes e mesmo antagónicas.
Os mexicanos consideraram o conflito entre os Estados Unidos e o México, como um conflito entre oligarquias que não beneficiariam o povo em nada.

Desta forma as autoridades mexicanas foram sendo derrotadas no norte em batalhas que de qualquer forma não foram absolutamente conclusivas, embora o General Santa Ana tenha tentado várias vezes tomado a iniciativa e atacado os americanos, sofrendo porém muitas baixas.

Para somar aos problemas no norte, os norte-americanos organizam uma operação em que desembarcam em Vera Cruz, no centro do México dirigindo-se directamente para a capital do país (cidade do México) seguindo a mesma rota de Cortez.
Depois de tomar Vera Cruz, as forças norte-americanas constituídas por 12.000 voluntários vencem a fraca, ainda que heróica oposição mexicana na batalha de Chapultepec (ver imagem da fortaleza) e marcham para a Cidade do México.
Ainda enfrentam as agora reduzidas forças de Santa Ana, que marcharam em passo de corrida em direcção a sul para tentar evitar a tomada da capital

A batalha é vencida pelas forças norte-americanas que embora inferiores em número (8.500 contra 12.000) estavam em muito melhor estado que as forças mexicanas, que combateram após terem percorrido centenas de quilómetros em marcha forçada.

Os americanos entram na Cidade do México em 1 de Maio de 1947.

A Paz será finalmente assinada em Fevereiro de 1948 e como consequência o México perderá o Texas parte do que hoje é o Novo México e a Califórnia, que é incorporada aos Estados Unidos, num total de 1.300.000 Km quadrados.

Embora os territórios fossem enormes, a verdade é que existiam pouco mais de 5.000 mexicanos na Califórnia e 30.000 a 40.000 no actual Novo México.

Os mexicanos residentes naqueles territórios não tiveram direito à cidadania americana.