pub


 

Armas e equipamentos relacionados

Cruzador de batalha - Hood

Couraçado rápido - Bismarck

Couraçado rápido - King George V

Bombardeiro leve / táctico - Swordfish


Acontecimentos Relacionados
13-12-1939
Batalha do Rio da Prata
10-05-1940
Blitzkrieg a ocidente
13-05-1940
Batalha de Sedan
10-06-1940
Queda da França
03-07-1940
Ataque a Mers-El kebir
13-08-1940
«Adlertag» O dia da Águia
25-08-1940
Primeiro bombardeamento de Berlim
28-10-1940
Invasão da Grécia
11-11-1940
Ataque a Taranto
27-04-1941
Queda de Atenas, 1941
19-05-1941
Operação Rheinubung
20-05-1941
Invasão de Creta
20-01-1942
Conferência de Wannsee
31-08-1942
O Brasil na II guerra
10-07-1943
Invasão da Sicília
24-07-1943
Operação Gomorra «Tempestade de Fogo»
09-09-1943
Afundamento do couraçado Roma
15-02-1944
Monte Cassino
06-06-1944
«Dia D» Invasão da Normadia
12-11-1944
Afundamento do Tirpitz
13-02-1945
Bombardeamento de Dresden
07-03-1945
Tomada da ponte Ludendorf


Operação Rheinubung
II Guerra Mundial / Frente Ocidental
19-05-1941

Este acontecimento teve inicio em: 19-05-1941 e terminou em 27-05-1941
Vencedor: Reino Unido

Forças em presença:

Alemanha / III Reich

Reino Unido



Com a saída do porto de Gdinia na actual Polónia, na madrugada de 19 de Maio[1] dá-se inicio à operação Rheinubung, que tem como objectivo levar o couraçado alemão Bismarck para as águas do Atlântico Norte.

Com esse navio alemão no Atlântico, junto aos cruzadores de batalha alemãEs Scharnhorst e Gneisenau a que poderiam juntar cruzadores pesados e ligeiros, a Alemanha passaria a ter um grupo de navios de superfície que dificilmente a Royal Navy poderia combater se chegassem a juntar-se.

Esses navios, tinham canhões inferiores aos canhões dos grandes couraçados britânicos, mas tinham sobre eles a vantagem táctica da velocidade, que poderia permitir aos alemães decidir onde e quando agir.

Do lado britânico, o objectivo é muito simples:
Evitar que essa flotilha alemã se chegue sequer a juntar.

Por um lado a Royal Air Force mantém os cruzadores de batalha sob pressão, atacando-os no norte de França.
Por outro lado a Royal Navy estará alerta, para impedir que o mais novo e poderoso navio de guerra alemão se junte a eles em Brest.

O Bismarck é detectado logo no dia em que saiu do porto, e os britânicos iniciam uma operação de caça em que participa um grande numero de navios. A superioridade britânica em numero de navios, permite-lhe colocar belonaves em vários pontos do mar e perseguir os navios alemães (O couraçado Bismarck e o cruzador pesado Tirpitz).

O primeiro recontro dá-se quando dois dos mais poderosos navios britânicos interceptam os navios alemães entre a Gronelândia e a Islândia, recontro que resultou numa clara derrota britânica ao ver o seu mais rápido e poderoso (ainda que fracamente blindado) navio de guerra, o cruzador de batalha Hood afundado pelos alemães.

Mas a superioridade britância é muito grande, e além de couraçados os britânicos contam com uma arma nova, que ainda está apenas a demonstrar o seu poder: Os porta-aviões.

No último momento em que seria possível impedir o navio alemão de chegar ao seu destino (Brest) um torpedo disparado por um pequeno avião Swordfish (Peixe-espada) atinge o Bismarck no leme, tornando o navio ingovernável.
Semconseguir controlar o navio, a sua velocidade baixou e ele passou a poder ser alcançado pelos lentos, mas extremamente poderosos couraçados britânicos. O fim do Bismarck começou quando foi atingido por uma salva de tiros dos canhões de 405mm do couraçado HMS Rodney.

A operação acabará às 10:30 de Segunda-Feira 27 de Maio, quando o couraçado alemão é finalmente afundado pela Royal Navy.


Ver também matéria de análise publicada neste site sobre o tema

[1]Algumas fontes afirmam que o navio saiu do porto nas últimas horas do dia 18, pelo que também não é incorrecto dizer que a operação teve inicio no dia 18