Sociedade / Política


Translation to English not responsability of areamilitar.net.
Service is supplied as is and correct interpretation is not guaranteed.
José Hermano Saraiva
1919 – 2012
20.07.2012


Faleceu nesta sexta-feira em Palmela, Portugal, o historiador José Hermano Saraiva, aos 92 anos de idade, vítima de complicações resultado do seu debilitado estado de saúde.

Nascido em Leiria em 1919 e licenciado em ciências historico-fiolsóficas em 1941 e em ciências jurídicas em 1942, Hermano Saraiva transformou-se com o advento da Televisão, na cara da História de Portugal, contada e retratada de variadíssimas formas.

Ao ser um divulgador da História de Portugal ainda antes do período da ditadura, Hermano Saraiva atraiu sobre si a ira de muitos dos que lutaram contra o regime do Estado Novo e que o consideravam um apoiante de Salazar.
Esse apoio levou Hermano Saraiva ao governo entre 1968 e 1970 como Ministro da Educação inicialmente de Salazar e logo de seguida de Marcelo Caetano, que passou a chefiar o governo no período que ficou conhecido como «Primavera Marcelista», altura após a exoneração de Salazar do cargo de Presidente do Conselho de Ministros em 1968.

Marcelo Caetano não concordava com as opiniões de Saraiva e a passagem deste pelo ministério da educação, acabou por ser curta.

Após desempenhar funções no governo, entre 1970 e 1972 desempenhou o cargo de embaixador de Portugal no Brasil

Hermano Saraiva num dos seus primeiros programas de TV.
A seguir ao período revolucionário que se seguiu ao golpe e revolução de 1974, Saraiva voltou a apresentar programas sobre história na TV portuguesa. A sua capacidade de comunicação e empatia, granjearam-lhe elogios, mas a sua visão da história, que sempre recusou por em causa de forma clara o regime do Estado Novo, continuaram a garantir-lhe criticas dos setores mais revolucionários da esquerda portuguesa.

Ao longo de mais de 40 anos, Hermano Saraiva foi o historiador mais conhecido de todos os portugueses e uma voz que incansavelmente levou até às pessoas, os fatos historicos e interpretações sobre as realidades de História de Portugal, algumas delas pouco do agrado de outros historiadores.

Defensor da tese de que Portugal se explica essencialmente pela determinação dos portugueses em quererem ser livres, Hermano Saraiva publicou vários livros e a sua História de Portugal, é uma das versões mais vendidas em todo o país.

Hermano Saraiva foi cotado em 26º lugar num concurso da televisão portuguesa como um dos maiores portugueses de sempre.
Apenas em Outubro de 2010, a Academia Portuguesa de História o reconheceu como grande divulgador da História de Portugal.

Mesmo depois de atingido por problemas cardíacos que lhe afetaram a falar, continuou a trabalhar e a apresentar programas de televisão.









Em nome dos muitos portugueses que se recusam a voltar as costas à História do seu país, o areamilitar.net agradece ao professor, por tudo.


Últimas noticias sobre este tema

Chefes militares reafirmam obediência

Criticas dos militares às rações de combate

Espiões no frio do ar condicionado

José Hermano Saraiva

Esquerda portuguesa perde eleições

Portugal: Presidente Cavaco reeleito

Portugal: Militares «lançados aos bichos»

Escândalo de censura em Portugal

| Forças Armadas de Angola | Exército Brasileiro | Exército Português | Força Aérea Brasileira | Força Aérea Portuguesa | Marinha do Brasil | Marinha Portuguesa | Forças Armadas de Moçambique | Forças Armadas da Guiné-Bissau | Timor - Sociedade | Forças de defesa de Timor | Brasil | Moçambique | Portugal | Listagem de todas as notícias | Listar todos os navios | Listar todas as aeronaves | Listar armas ligeiras | Listar todos os veículos | Listar todos os mísseis | Listar sistemas de artilharia | Artigos de opinião | Médio Oriente | União Europeia | Europa fora a UE | América do Norte | América do Sul e Caribe | África | Índia e Asia Central | Ásia e Oceânia|
  ---