Conflitos internacionais


Translation to English not responsability of areamilitar.net.
Service is supplied as is and correct interpretation is not guaranteed.
Ataque argelino deixa 49 mortos
Força aérea do país destrói coluna terrorista, mas mata civis
17.01.2013


Quarenta e nove mortos, terão resultado de uma operação levada a cabo por militares das forças armadas argelinas contra o grupo de rebeldes ligados Alqaeda que tomou posições no campo de gás natural de In Amenas, fazendo dezenas de reféns nos últimos dias.

O campo de gás natural de «In Amenas» situa-se a cerca de 20km da fronteira entre a Argélia e a Líbia, e a mais de 1,000km da fronteira da Argélia com o norte do Mali, região que se encontra há meses sob controle de forças ligadas à Alqaeda.

Um grupo de 41 trabalhadores estrangeiros (americanos, europeus e japoneses) tinha sido feito refém na madrugada da passada quarta-feira, por um grupo auto-denominado «batalhão de sangue». O grupo afirmou que a atuação era uma resposta ao apoio do governo argelino por causa do apoio dado por Argel à França, autorizando o sobrevoo de território argelino por aviões franceses.

As mortes terão sido resultado do ataque de um helicóptero da força aérea argelina contra uma coluna de veículos que transportava os reféns, para lugar desconhecido.
A distância entre In Amenas e o Mali, leva a crer que não existe nenhuma relação direta entre os movimentos islamitas que tomaram o norte do Mali e o grupo que levou a cabo esta ação.

No entanto são conhecidas as relações entre os vários grupos de extremistas fundamentalistas que atuam no deserto do Sahara, uma região escassamente habitada e de fronteiras fluidas. Tem sido dado especial realce à participação de pessoas ligadas ao tráfico de droga e de tabaco, que recentemente se juntaram aos movimentos fundamentalistas islâmicos.


Últimas noticias sobre este tema

Capital da Líbia isolada

Mali: Franceses às portas do último reduto

Tomada de Diabaly abre caminho para norte

Ataque argelino deixa 49 mortos

França intensifica ataques no Mali

Helicópteros franceses derrotam Alqaeda

Kadafi abatido

Combates chegam ao centro de Sirte

| Forças Armadas de Angola | Exército Brasileiro | Exército Português | Força Aérea Brasileira | Força Aérea Portuguesa | Marinha do Brasil | Marinha Portuguesa | Forças Armadas de Moçambique | Forças Armadas da Guiné-Bissau | Timor - Sociedade | Forças de defesa de Timor | Brasil | Moçambique | Portugal | Listagem de todas as notícias | Listar todos os navios | Listar todas as aeronaves | Listar armas ligeiras | Listar todos os veículos | Listar todos os mísseis | Listar sistemas de artilharia | Artigos de opinião | Médio Oriente | União Europeia | Europa fora a UE | América do Norte | América do Sul e Caribe | África | Índia e Asia Central | Ásia e Oceânia|
  ---