Sociedade / Política


Translation to English not responsability of areamilitar.net.
Service is supplied as is and correct interpretation is not guaranteed.
Morte de Chavez:
Embaixada americana contatou militares
05.03.2013


Em meio ao falecimento do presidente Hugo Chavez, uma crise diplomática acaba de despontar entre a Venezuela e os Estados Unidos, alegadamente por causa da intervenção do adido militar norte-americano em Caracas.

A informação cruzada até ao momento, aponta para a morte de Chavez ao fim da madrugada entra as 05:30 e as 07:30. Poucos minutos depois a embaixada norte-americana que tinha sido avisada na segunda-feira de que Chavez poderia morrer a qualquer momento é avisada de que Chavez morreu.

Responsáveis militares norte-americanos na embaixada em Caracas terão contactado alguns militares venezuelanos com a notícia, perguntando o que alguns dos militares pretendiam fazer, principalmente quando se sabe que os militares preferem seguir a via legalista, que implica que Chavez será sucedido pelo presidente do parlamento, Diosdado Cabello, dirigente do PSUV, o mesmo partido de Chavez.

O adido para assuntos da força aérea, coronel David Delmonico, terá já saído da Venezuela de avião para os Estados Unidos.

Contrários à posse de Cabello estão os apoiantes do vice-eleito, Nicolas Maduro, que foi apontado pelo próprio Chavez como seu sucessor.
A posse de Diosdado Cabello, implicaria que não seria reconhecida a última eleição, assumindo o presidente do parlamento interinamente até à realização de novas eleições.
Já a posse de Nicolás Maduro, implica que o escolhido de Chavez governaria sem entraves durante os próximos sete anos.

Forças militares nas ruas
Entretanto, assumindo uma posição de força, Nicolás Maduro afirmou-se como presidente do país ao ordenar a colocação de tropas nas ruas para garantir a segurança. Também terá origem em Nicolás Maduro a ordem de expulsão para o adido militar norte-americano em Caracas.


Últimas noticias sobre este tema

Morreu Jorge Rafael Videla

Referendo nas Malvinas

Morte de Chavez:

Morreu Hugo Chavez

Argentina volta a pedir Malvinas

Golpe constitucional no Paraguai

Ollanta Humala vence eleições no Peru

Equador calmo, após sequestro presidencial

| Forças Armadas de Angola | Exército Brasileiro | Exército Português | Força Aérea Brasileira | Força Aérea Portuguesa | Marinha do Brasil | Marinha Portuguesa | Forças Armadas de Moçambique | Forças Armadas da Guiné-Bissau | Timor - Sociedade | Forças de defesa de Timor | Brasil | Moçambique | Portugal | Listagem de todas as notícias | Listar todos os navios | Listar todas as aeronaves | Listar armas ligeiras | Listar todos os veículos | Listar todos os mísseis | Listar sistemas de artilharia | Artigos de opinião | Médio Oriente | União Europeia | Europa fora a UE | América do Norte | América do Sul e Caribe | África | Índia e Asia Central | Ásia e Oceânia|
  ---