Terrorismo


Translation to English not responsability of areamilitar.net.
Service is supplied as is and correct interpretation is not guaranteed.
Terroristas do ISIL às portas de Bagdad
Exército iraquiano foge de várias cidades
13.06.2014


As forças do auto-proclamado exército do Iraque e do Levante «ISIL», continuam a avançar em direção a Sul, tendo tomado duas cidades a norte da capital iraquiana, continuando a garantir o controlo sobre Mossul, a segunda maior cidade do país.
Embora uma contra-ofensiva das tropas fiéis ao governo iraquiano, tenha permitido retomar a cidade de Tikrit, as forças do ISIL fizeram centenas de prisioneiros, abandonando posteriormente o campo de batalha.

O governo de Bagdad tem-se demonstrado incapaz para controlar a situação e as forças militares iraquianas até ao momento têm sido incapazes de tomar decisões, na sequência da indeterminação dos dirigentes.
Uma tentativa de declarar o estado de emergência nas ultimas horas falhou, porque o governo não conseguiu reunir quorum no parlamento de Bagdad e as tropas iraquianas continuam a retirar em toda a linha de várias cidades do país.

Aliança improvável

Os Estados Unidos afirmaram pela voz do próprio presidente Barak Obama que não vão intervir diretamente com tropas no terreno nesta crise iraquiana, tendo que ser os iraquianos a resolver os problemas. Aparente no entanto ser improvável que o atual governo tenha capacidade para controlar sozinho a situação, ao mesmo tempo que a capacidade efetiva das forças iraquianas é abertamente contestada pelo ISIL.

Por causa da situação que se desenvolveu nos últimos dias, aumenta a possibilidade de vir a existir algum tipo de cooperação entre o governo iraniano e o governo americano, no sentido de apoiar o governo de Bagdad a defender o país dos insurgentes.

As coisas complicam-se ainda mais para o governo de Bagdad, quando se sabe que no norte do país, a única oposição aos guerrilheiros do ISIL, vem dos «Peshmerga», grupos combatentes curdos, que já conseguiram assegurar o controlo da cidade de Kirkuk, perante a fuga dos soldados do governo de Bagdad.
O governo regional do curdistão iraquiano, com sede em continua a manter um diferendo com o governo de Bagdad porque considera que a cidade de Kirkuk deveria fazer parte da região autónoma.

Intervenção turca

Entretanto os guerrilheiros do ISIL, continuam a controlar a cidade de Mosul, no norte do Iraque. Por isso, a Turquia está a analizar as consequências da atual situação, ponderando a possibilidade de intervir.
Com a tomada de Mosul, os extremistas do ISIL fizeram 49 reféns, ao tomar o consulado turco na cidade. As forças do ISIL já se mostraram várias vezes fortemente críticas da Turquia e chegaram mesmo a ameaçar tomar o túmulo de Suleiman Shah, fundador do império otomano, cujo túmulo se encontra dentro de território Sírio.

A Turquia tem também interesse em proteger a integridade das suas fronteiras e ao mesmo tempo tornar inviável qualquer atitude separatista por parte dos curdos.

O problema Curdo, afeta não apenas o Iraque como a Turquia e ainda o Irão. O Aiatolah Rouhani, disse que a república islâmica estava pronta para combater o que considerou de «terroristas».

Vários analistas consideram que os sucessos dos extremistas islâmicos sunitas do ISIL, foram conseguidos nos últimos dias, porque o governo iraquiano tem sido um governo sectário composto unicamente por xiitas, alienando por completo a população sunita.


Últimas noticias sobre este tema

Extremismo Europeu

ISIL possui Tanques Abrams

Terroristas do ISIL às portas de Bagdad

Tel-Aviv ao alcance dos foguetes do Hamas

Guerra Santa do Iraque à Espanha

| Forças Armadas de Angola | Exército Brasileiro | Exército Português | Força Aérea Brasileira | Força Aérea Portuguesa | Marinha do Brasil | Marinha Portuguesa | Forças Armadas de Moçambique | Forças Armadas da Guiné-Bissau | Timor - Sociedade | Forças de defesa de Timor | Brasil | Moçambique | Portugal | Listagem de todas as notícias | Listar todos os navios | Listar todas as aeronaves | Listar armas ligeiras | Listar todos os veículos | Listar todos os mísseis | Listar sistemas de artilharia | Artigos de opinião | Médio Oriente | União Europeia | Europa fora a UE | América do Norte | América do Sul e Caribe | África | Índia e Asia Central | Ásia e Oceânia|
  ---