Força Aérea


Translation to English not responsability of areamilitar.net.
Service is supplied as is and correct interpretation is not guaranteed.
Iraque recebe cinco Su-25
Aeronaves serão utilizadas para contra-insurgência
29.06.2014


O governo do Iraque anunciou neste sábado, que recebeu os primeiros quatro de um total de 5 aeronaves de ataque ao solo Su-25 «frogfoot».
As aeronaves foram aparentemente negociadas com as autoridades da Bielorussia e também com as autoridades russas, que deverão garantir a operacionalidade das aeronaves dentro de alguns dias.

O governo do Iraque afirma que a situação chegou ao ponto crítico que atingiu, porque o governo do país não possui a necessária cobertura aérea para atacar os terroristas conforme eles vão surgindo em vários pontos do país.

A medida de emergência foi tomada após terem sido tecidas críticas ao norte-americanos por ainda não terem fornecido os 32 caças F-16 que tinham sido prometidos.

Adequação para contra-insurgência

No entanto, embora os caças F-16 não tenham sido fornecidos, eles não teriam grande utilidade para a função para a qual os Su-25 russos foram adquiridos. O F-16 é um caça multi-funções, mas embora possa desempenhar este tipo de operações, ele é demasiado rápido para este tipo de operação.

Já o Su-25 foi construido propositadamente pelos russos par operações de ataque ao solo, nomeadamente tanques da Aliança Atlântica durante uma hipotética guerra na Europa.
O Su-25 foi utilizado inicialmente sem sucesso no Afeganistão, mas após a introdução de proteção adicional contra fogo anti-aéreo, eles passaram a desempenhas as suas missões sem maiores problemas.

Avanços em diversas áreas

As forças do ISIL estão a operar em grupos relativamente pequenos, utilizando viaturas ligeiras normalmente com tração às quatro rodas.
Eles surgem em lugares remotos e distantes e não é possível controla-los utilizando meios convencionais. A utilização de aeronaves de ataque ao solo deverá permitir aos iraquianos atacar potênciais alvos rebeldes, pouco depois de se saber da sua existência.

No entanto, o número de aeronaves que ficou disponível, não faz prever grande futuro. O Su-25 precisa de bastante manutenção e não pode utilizar os mísseis americanos que o Iraque entretanto já recebeu.

Não só cinco unidades poderão não fazer grande diferença, como os pilotos para estas aeronaves não existem e para começarem a atuar rapidamente isso implica ter que recorrer a pilotos estrangeiros, nomeadamente russos ou bielorrussos.


Últimas noticias sobre este tema

ISIL Air Force

Irão fornece Su-25 ao Iraque

Mi-35 russo abatido pelo ISIL

Iraque recebe cinco Su-25

MiG-29 serão fornecidos a Assad

Acidente ou erro humano

Jatos F-16 lançados contra a Síria

Tensão Turquia-Síria continua elevada

| Forças Armadas de Angola | Exército Brasileiro | Exército Português | Força Aérea Brasileira | Força Aérea Portuguesa | Marinha do Brasil | Marinha Portuguesa | Forças Armadas de Moçambique | Forças Armadas da Guiné-Bissau | Timor - Sociedade | Forças de defesa de Timor | Brasil | Moçambique | Portugal | Listagem de todas as notícias | Listar todos os navios | Listar todas as aeronaves | Listar armas ligeiras | Listar todos os veículos | Listar todos os mísseis | Listar sistemas de artilharia | Artigos de opinião | Médio Oriente | União Europeia | Europa fora a UE | América do Norte | América do Sul e Caribe | África | Índia e Asia Central | Ásia e Oceânia|
  ---