Força Aérea


Translation to English not responsability of areamilitar.net.
Service is supplied as is and correct interpretation is not guaranteed.
Mi-35 russo abatido pelo ISIL
Moderníssimo helicóptero MIL destruído por fogo ligeiro
01.07.2014


Os terroristas do ISIL, lograram um considerável sucesso nesta segunda-feira, ao abaterem um moderno helicóptero de ataque russo Mi-35M. Segundo os relatos disponíveis a aeronave russa, que também pode ser utilizada para transporte de militares, foi destruida a baixa altitude por fogo de metralhadoras pesadas de calibre 12.7.
As aeronaves acabaram de completar seis meses de serviço, tendo sido adquiridos pelo Iraque em Novembro de 2013.

O Mi-35M é uma versão modernizada do Mi-24, um helicóptero de transporte e ataque desenvolvido pela União Soviética e que foi apelidado de «Tanque voador». A principal característica do então Mi-24 era a inclusão de blindagem que protegia pontos vitais da aeronave.

Ataque e transporte não provaram

O Mi-35M é vendido como uma aeronave para utilizações múltiplas e que pode ser utilizado para transporte de tropas e para ataque, tornando-se uma aeronave adequada por exemplo para contra-insurgência.
No entanto, a utilização deste modelo depende do cumprimento de regras muito estritas. A utilização da aeronave como helicóptero de ataque e transporte foi considerada inadequada mesmo pelos russos, que por causa disso desenvolveram aeronaves dedicadas a operações de ataque, que não têm capacidade para transporte de pessoal.

O Mi-35 no entanto, por causa da sua utilização múltipla, fica bastante mais barato, o que leva vários governos a optar por esta solução, principalmente quando não é previsível que encontrem uma oposição com capacidade para os abater, como é o caso do Brasil e da Venezuela, que possuem o mesmo tipo de aeronave, mas que dificilmente alguma vez entrarão em combate.
Mi-35M adquirido pelas forças militares do Iraque em Novembro de 2013

No Iraque, contra um grupo terrorista, o Mi-35M mostrou quais podem ser as consequências de utilizar um helicóptero muito grande, a baixa altitude e baixa velocidade.
Aparentemente, a blindagem do helicóptero também falhou, levando à morte de todos os cinco tripulantes.

Incompetência dos operadores

Independentemente da qualidade dos equipamentos utilizados, volta a colocar-se a questão do treino e da qualidade dos militares que utilizam os meios que lhe são entregues.
As autoridades militares iraquianas estão informadas da debilidade do modelo Mi-35M como aeronave de ataque. Por essa razão, encomendaram vários exemplares do helicóptero de ataque Mi-28 muito mais manobrável e adequado para operações de contra-insurgência.


Últimas noticias sobre este tema

ISIL Air Force

Irão fornece Su-25 ao Iraque

Mi-35 russo abatido pelo ISIL

Iraque recebe cinco Su-25

MiG-29 serão fornecidos a Assad

Acidente ou erro humano

Jatos F-16 lançados contra a Síria

Tensão Turquia-Síria continua elevada

| Forças Armadas de Angola | Exército Brasileiro | Exército Português | Força Aérea Brasileira | Força Aérea Portuguesa | Marinha do Brasil | Marinha Portuguesa | Forças Armadas de Moçambique | Forças Armadas da Guiné-Bissau | Timor - Sociedade | Forças de defesa de Timor | Brasil | Moçambique | Portugal | Listagem de todas as notícias | Listar todos os navios | Listar todas as aeronaves | Listar armas ligeiras | Listar todos os veículos | Listar todos os mísseis | Listar sistemas de artilharia | Artigos de opinião | Médio Oriente | União Europeia | Europa fora a UE | América do Norte | América do Sul e Caribe | África | Índia e Asia Central | Ásia e Oceânia|
  ---