Conflitos internacionais


Translation to English not responsability of areamilitar.net.
Service is supplied as is and correct interpretation is not guaranteed.
Combates continuam em Donetsk
Aeroporto continua a resistir ao exército e milicianos russos
07.10.2014


Embora a tomada do aeroporto Sergey Prokofiev tenha já sido por diversas vezes reclamada pelas tropas milicianas russas, que controlam a cidade de Donetsk (a última delas ontem segunda-feira 6 de outubro), tudo indica que continuam a registar-se combates naquela área e o exército ucraniano ainda controla tanto a área a sul da pista, como a pista e também as instalações dos terminais. As forças russas ocupam áreas em torno ao hospital de Gorodskaia, a partir do qual os milicianos russos atacam as forças ucranianas com tiros de morteiro.
O objetivo aparenta ser o de atrair o fogo das tropas ucranianas sobre o hospital.

Nesta terça-feira dia 7, um total de dez carros de combate T-72B modernizados, de fabrico russo, foram vistos a reforçar as posições das forças milicianas russas que ocupam parcialmente a área em volta do aeroporto de Donetsk. Estima-se que pelo menos 3000 militares de unidades regulares do exército da Federação Russa estejam presentemente na região de Donetsk e Luhansk.

Ao longo do dia, as tropas regulares russas e os milicianos russos que atuam na Ucrânia têm aumentado a pressão contra o aeroporto

Embora o aeroporto de Donetsk não esteja operacional, a área em redor é especialmente adequada para a utilização como plataforma para as forças ucranianas, razão que explica o continuado interesse das tropas milicianas russas.

O cessar fogo negociado entre a Rússia e a Ucrânia em Minsk, continua em vigor, embora inumeras fontes relatem que foi já por inúmeras vezes violado pelos russos.

Sabe-se que as várias milícias russas não respondem todas aos mesmos comandos, e o grande número de irregulares, que lutam ao lado das forças do exército russo não podem por isso ser controlados.

Uma das formas que o governo russo utiliza para controlar os milicianos, é o recurso ao corte de abastecimentos. Isso no entanto não tem impedido as tropas russas de continuar a abastecer a a armar as milícias com material pesado fornecido diretamente pelo exército regular.


Últimas noticias sobre este tema

Rússia prepara ataque

Foram os pró-russos

Combates continuam em Donetsk

Ucrânia: Cessar fogo anunciado

Cessar fogo provisório na Ucrânia (?)

Exército ucraniano na defensiva

TEMOS ARMAS ATÓMICAS

Combates em Novoazovsk

| Forças Armadas de Angola | Exército Brasileiro | Exército Português | Força Aérea Brasileira | Força Aérea Portuguesa | Marinha do Brasil | Marinha Portuguesa | Forças Armadas de Moçambique | Forças Armadas da Guiné-Bissau | Timor - Sociedade | Forças de defesa de Timor | Brasil | Moçambique | Portugal | Listagem de todas as notícias | Listar todos os navios | Listar todas as aeronaves | Listar armas ligeiras | Listar todos os veículos | Listar todos os mísseis | Listar sistemas de artilharia | Artigos de opinião | Médio Oriente | União Europeia | Europa fora a UE | América do Norte | América do Sul e Caribe | África | Índia e Asia Central | Ásia e Oceânia|
  ---