Sociedade / Política


Translation to English not responsability of areamilitar.net.
Service is supplied as is and correct interpretation is not guaranteed.
Mais forças da GNR para Timor
Dois pelotões poderão ser enviados como reforço
24.02.2007


O ministro português da Administração Interna, António Costa, afirmou à imprensa, que Portugal poderá vir a reforçar a força que presentemente tem destacada em Timor, com mais dois pelotões (cerca de 60 homens), a juntar aos cerca de 180 que se encontram naquele território do Extremo Oriente.

O ministro português afirmou ainda que há questões para resolver com as Nações Unidas quer questões relacionadas com «questões materiais» quer questões relacionadas com a integração da força portuguesa no dispositivo das Nações Unidas. A necessidade de mais forças em Timor, perante a aproximação do período eleitoral, é uma das razões que justificam a necessidade de envio de tropas.

Ainda nesta Quinta-feira, recontros e desacatos, levaram a que dois militares australianos disparassem contra civis que alegadamente os terão atacado na zona de Comoro, entre o centro de Díli e o aeroporto. Do incidente terá resultado um morto e dois feridos. Os militares australianos estavam a ser atacados por pedras e responderam às pessoas que estavam a arremessar pedras. Quando isto ocorreu, (segundo os militares australianos) os timorenses terão atacado os militares com dardos de metal, o que foi considerado como comportamento hostil, que levou a que os australianos respondessem com fogo.

Ramos Horta: Candidatura
Entretanto em Timor, o actual Primeiro Ministro Ramos Horta, apresentou-se como candidato independente à Presidência da República, onde defrontará o XPTO, candidato da FRETILIN, o principal partido político de Timor. A situação no país continua tensa, e a tensão tende a crescer à medida que se aproxima o período eleitoral.

A imprensa australiana tem feito vários elogios a Ramos Horta, considerando-o o mais preparado dos candidatos, referindo que se trata de um líder conciliador e inicialmente um Social Democrata, que não está de acordo com a linha “dura” e radical que a Fretilin parece ter assumido.


Últimas noticias sobre este tema

Reforços australianos chegam a Díli

ATENTADO EM TIMOR: Presidente Ramos Horta operado de emergência

Eleições no Timor

Timor: Alfredo Reinado, continua em liberdade

Mais forças da GNR para Timor

Timor: Fretilin ameaça retirar-se das eleições

Major Reinado foge da prisão

Timor: Cheque-Mate a Alkatiri

| Forças Armadas de Angola | Exército Brasileiro | Exército Português | Força Aérea Brasileira | Força Aérea Portuguesa | Marinha do Brasil | Marinha Portuguesa | Forças Armadas de Moçambique | Forças Armadas da Guiné-Bissau | Timor - Sociedade | Forças de defesa de Timor | Brasil | Moçambique | Portugal | Listagem de todas as notícias | Listar todos os navios | Listar todas as aeronaves | Listar armas ligeiras | Listar todos os veículos | Listar todos os mísseis | Listar sistemas de artilharia | Artigos de opinião | Médio Oriente | União Europeia | Europa fora a UE | América do Norte | América do Sul e Caribe | África | Índia e Asia Central | Ásia e Oceânia|
  ---