Timor
Sociedade / Política

Yudhoyono: Militares indonésios voltam ao poder

por Paulo Mendonça
21.09.2004


Com a vitória do general Yudhoyono, os militares voltam ao poder em Jakarta

As eleições realizadas há alguns dias na Indonésia, vieram colocar no poder, com uma votação expressiva, um militar Indonésio, com ligações a Timor Leste.

Susilo Bambang Yudhoyono, nascido em 1949 é de descendência Javanesa. É filho de um militar e casado com a filha de um outro conhecido oficial Indonésio.

Participou da invasão de Timor Leste e esteve em comissão naquele território durante varias vezes, durante o período de ocupação indonésia. Trata-se de um oficial ligado ao comando de reserva estratégica das F.A. indonésias – KOSTRAD - e é uma pessoa relativamente viajada, tendo tido formação nos Estados Unidos e feito parte de observadores internacionais em operações na antiga Jugoslávia. Foi professor em instituições de ensino militares, ministro das minas em 1999 e passou à reserva no ano 2000.

Sendo um intelectual e um reformador, Yudhoyono é visto também como um nacionalista javanês, e é um protegido do general Wiranto, que comandou as forças armadas indonésias durante o período em que decorreram os massacres em Timor Leste.

Yudhoyono, foi o homem que garantiu que as milícias pró-indonésias tinham deixado de existir, mesmo quando as milícias mataram funcionários das nações unidas em missão humanitária na parte ocidental (indonésia) de Timor.

Trata-se igualmente de um muçulmano secular, sem grandes ligações ao clero muçulmano indonésio.

Não é possível, neste momento saber quais as intenções e o posicionamento da Indonésia de Yudhoyono relativamente a Timor Leste, mas os problemas que a Indonésia enfrenta, desde a crise económica até ao problema do grande nível de corrupção em toda a sociedade, permitem dizer que Yudhoyono terá seguramente temas muito mais complicados para tratar que os de Timor. O facto de ter sido um protegido de Wiranto, e de ter muito boas relações dentro da estrutura das forças armadas, é uma garantia de protecção para quem quer que seja que esteja de alguma forma relacionado com os massacres de Timor-Leste.

Este texto é da autoria de Paulo Mendonça e foi publicado em 21.09.2004.


Últimos artigos de opinião sobre este tema

Yudhoyono: Militares indonésios voltam ao poder

As opiniões expressas neste artigo reflectem posições e pontos de vista que não são necessariamente os do Areamilitar.net, podendo mesmo ser contrários. A exposição de todos os pontos de vista e opiniões sobre questões militares e de geopolitica ou geoestratégia, é defendida pelo Areamilitar.net, e este espaço é disponibilizado com esse objectivo. As opiniões serão escritas na língua portuguesa, bem assim como os comentários.
Direito de resposta:
É reconhecido o Direito de Resposta, nos termos da Lei, a qualquer entidade que o deseje utilizar, devendo para o efeito ser efectuado um contacto através da caixa de contactos na página principal. Devem ser indicadas as razões pela qual o requerente solicita o uso desse direito, devendo de seguida ser enviado o texto correspondente.